Pesquisar este blog

27 de nov de 2016

DAS IMPORTÂNCIAS... BY CARLOS BREGANTIM


Resultado de imagem para SINTONIA

De quando em quando me dou conta que dei importância ao que não era tão importante assim. Alias, o que é importante de fato, permanece, o que não é, o tempo, as rotinas, a distancia, se encarregam de colocar tudo no seu lugar. 
Passado algum tempo, conclui-se que o sofrimento foi desnecessário, afinal, o que não permanece, é porque não valia a pena. Também há o que vale a pena pelo tempo que dura e tentar fazer prolongar é insistir no que já acabou. Sepultar o que morreu é necessário pra que haja ressurreições, recomeços, reinvenções, ressignificações que geram vida e vida melhor, as vezes, vida mais abundante. Coragem pra admitir e coragem pra seguir adiante. Ando orando muito sobre isto ultimamente. 

Carlos Bregantim

Nenhum comentário:

Postar um comentário