Pesquisar este blog

20 de out de 2015

LUCIDEZ


Numa noite de insônia,
fiz a descoberta.
De que acordada,
a gente sonha o que quiser

Saulo Pessato

Nenhum comentário:

Postar um comentário